22Agosto2019

NOTÍCIAS SAÚDE 5 exercícios para evitar a canelite de uma vez por todas

emdiacomunicacao.vcjasaiunamidia

5 exercícios para evitar a canelite de uma vez por todas

A canelite apresenta fortes dores e pode fazer com que você tenha dificuldades de se movimentar

5-exerccios-para-evitar-a-canelite-de-uma-vez-por-todas

O especialista em medicina esportiva Dr° Ricardo Munir Nahas, explica que a Canelite ou periostite é o processo inflamatório da membrana que envolve a tíbia, o periósteo. Depois do fêmur, a tíbia é o maior osso do corpo humano, localizado na canela.

Leia também  >>   Leite materno reduz em 13% a mortalidade infantil

É uma doença crônica causada pela repetição de movimentos. Afinal, repetir movimentos exige a ação dos músculos que envolvem a tíbia, exercendo tração e provocando inflamações.

Normalmente esses movimentos repetitivos que afetam a tíbia e provocam canelite são relacionados com exercícios que exigem passos e saltos. Ou seja, caminhada, corrida (seja na rua ou na esteira) e esportes como vôlei e basquete.

Como identificar

O principal sintoma da canelite é a dor na região da canela. É sentida inicialmente durante o exercício físico e ameniza após algumas horas. Porém, evolui para uma dor persistente mesmo com o descanso, podendo até mesmo fazer com que você tenha muita dificuldade de andar e realizar movimentos do dia a dia, como levantar e sentar.

Leia também  >>   Cardiologista desvenda mitos e verdades das doenças que mais matam no mundo

Exercícios para prevenir a canelite

A melhor forma de evitar o desenvolvimento da canelite é a prevenção com exercícios localizados para aumento da resistência dos músculos envolvidos na ação de flexão e extensão do tornozelo e pé.

1. Ponta do pé

• De pé, mantenha os pés juntos e a postura ereta

• Olhe para frente

• Fique na ponta dos pés, elevando seu corpo

• Volte devagar à posição inicial e repita o processo

2. Calcanhares

• De pé, mantenha os pés juntos e a postura ereta

• Olhe para frente

• Fique sobre os calcanhares, jogando levemente seu corpo para trás

• Volte devagar à posição inicial e repita o processo

3. Caminhada na ponta dos pés

• De pé, mantenha a postura ereta

• Olhe para frente

• Apoie-se sobre as pontas dos pés e atravesse um dos cômodos da sua casa

• Ao chegar do outro lado, volte caminhando normalmente

• Repita o processo

4. Caminhada sobre os calcanhares

• De pé, mantenha a postura ereta

• Olhe para frente

• Apoie-se sobre os calcanhares e atravesse um dos cômodos da sua casa

• Ao chegar do outro lado, volte caminhando normalmente

• Repita o processo

5. Dorsiflexão (com caneleiras ou elástico)

• Sente-se em uma cadeira, sofá ou na ponta da cama

• Coloque caneleiras na ponta dos pés ou um elástico, que deve passar por baixo das pontas dos pés (e, então, você segura as pontas com as mãos)

• Levante as pontas dos pés, apoiando-se somente nos calcanhares

• Volte devagar à posição inicial e repita o processo

Outras dicas para evitar a doença

Respeitar seus limites durante as atividades é fundamental. Aumentar o volume de treino, carga, intensidade sem um acompanhamento profissional e respeitando etapa por etapa pode aumentar as chances de ter canelite.

Leia também  >>   Atriz pergunta em rede social 'como fazer cocô rápido'; especialista dá dicas

Por isso, também é importante que você respeite o tempo de recuperação adequado entre os exercícios.

Atente-se também ao seu tênis. O tipo de piso, impacto e atrito gerados também são co-responsáveis pela canelite. Quanto mais duro e maior o atrito do calçado com o piso, maior a chance de desenvolver a doença.

Tratamentos para canelite

Uma vez que surge, a canelite exige a parada temporária do treinamento que a causou.

Se você for um corredor, deve parar com a corrida e exercitar-se com bicicleta, minimizando a perda da capacidade aeróbia, por exemplo.

Leia também  >>   Coco: tipos de coco, formas de consumo e receitas

Os exercícios serão reintroduzidos desde que os sintomas desapareçam por completo e, terminada a reabilitação, deverão fazer parte do treinamento para evitar que apareça novamente.

Redação Portal Linhares Em Dia


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.