17Julho2019

NOTÍCIAS POLÍCIA Capixaba foragido da Justiça é detido na Bolívia

farmacias-de-plantao

Capixaba foragido da Justiça é detido na Bolívia

Leandro Lunz de Souza figurava na lista dos 10 criminosos mais procurados de Linhares

Capixaba-foragido-da-Justia--detido-na-Bolvia-01

O ministro do governo boliviano, Carlos Romero Bonifaz, informou na última quinta-feira (18) que, após operações policiais coordenadas pela Força Especial de Luta Contra o Narcotráfico (Felcn), na cidade de Santa Cruz de La Sierra, foi detido Leandro Lunz de Souza, 29 anos, que estava foragido da justiça brasileira desde 2016. Souza figurava na lista dos 10 criminosos mais procurados de Linhares por cometer vários delitos.

Na imprensa local, o capixaba foi tratado como “peligroso narcotraficante”, ou seja, um traficante de drogas altamente perigoso. “A polícia realizou uma operação nas imediações da Avenida Busch e do supermercado Ice Norte. A operação resultou na apreensão do foragido brasileiro de nome Leandro Lunz de Souza, que tem antecedentes em território brasileiro por, pelo menos, três delitos: tráfico de drogas, assassinato e roubo”, disse Bonifaz durante coletiva de imprensa.

Leia também  >>   Suspeito de homicídio é preso com diversos materiais furtados em Linhares

Souza trafegava nas imediações em seu veículo quando foi abordado pelos agentes de segurança. Na abordagem, ele se identificou como Jhonatan Natagaba Amorín. No entanto, antes de sua prisão para averiguar sua identidade através da Interpol, o foragido foi forçado a revelar sua verdadeira identidade.

Tatuagens revelam ligação com o PCC

Capixaba-foragido-da-Justia--detido-na-Bolvia-02

O fato que chamou a atenção dos agentes bolivianos foi que Souza possuía várias tatuagens pelo corpo, como nas costas, antebraço, mãos e tórax. Decifrado o que significavam, descobriu-se que a carpa indica que ele é um traficante de drogas a serviço do Primeiro Comando da Capital (PCC) do Rio de Janeiro. O desenho da Senhora Morte se traduz como criminoso associado a crimes de assassinato. Enquanto São Jorge é o santo a quem é confiado para ser protegido antes que as ações policiais sejam concluídas com êxito, e a espada como especialista em roubos agravados.

O vínculo de Souza no grupo criminoso foi confirmado pelo Departamento da Polícia Federal do Brasil. O ministro explicou que no celular de Souza também foram encontradas fotografias de armas de fogo e drogas. Bonifaz disse na coletiva que encaminhará à Polícia Federal o nome do contato que Souza teria no Brasil para o envio de drogas a fim de que sejam realizadas diligências e cruzamentos de informações no país.

“Souza não só tem crimes cometidos na jurisdição brasileira, mas também teria enviado remessas de drogas para o Brasil, para o Rio de Janeiro especificamente tendo Branco Falcão como seu receptor lá”, informou Bonifaz. O ministro de Governo ressaltou que a questão do carregamento de drogas ao Brasil será investigada no país, porém, assegurou que coordena com a Polícia Federal a entrega de Souza na fronteira dos dois países. O capixaba tinha um mandado de prisão internacional com um selo vermelho e encontrava-se irregularmente na Bolívia.

Leia também  >>   Polícia monta cerco para prender fugitivos e detém menor com drogas em Linhares

Ficha criminal

Em 2016, o então titular da Delegacia de Crimes Contra a Vida de Linhares (DCCV), André Jaretta, divulgou a lista dos 10 criminosos mais procurados da cidade. Dentre os foragidos estava Leandro Lunz de Souza, o Leandrinho, acusado, dentre outros, pelos crimes previstos no Artigo 155, parágrafo 4º, inciso IV (furto qualificado); Artigo 307 (falsa identidade) e Artigo 299 (falsidade ideológica) – todos na forma do Artigo 69 do Código Penal (concurso material).

Redação Portal Linhares Em Dia

Por Ívna Ferreira, Correio do Estado


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.