22Agosto2019

NOTÍCIAS GERAL Em um ritmo menor, comércio se recupera com crescimento de vendas à prazo

emdiacomunicacao.vcjasaiunamidia

Em um ritmo menor, comércio se recupera com crescimento de vendas à prazo

Houve aumento de 2,15% no acumulado de 12 meses até junho deste ano

Em-um-ritmo-menor-comrcio-se-recupera-com-crescimento-de-vendas--prazo

As vendas a prazo no comércio cresceram pelo segundo ano consecutivo no mês de junho, segundo os dados divulgados pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito).

Leia também  >>   Escolas da rede pública municipal de Linhares se preparam para volta às aulas nesta terça (23)

Houve aumento de 2,15% no acumulado de 12 meses até junho deste ano. O número comprova a trajetória de recuperação do comércio, porém a um ritmo menor, uma vez que em junho de 2018, as vendas haviam crescido 3,13%.

Anteriormente, o setor ficou no vermelho por três anos consecutivos. No auge da recessão, entre os anos de 2015 e 2017, as vendas a prazo no varejo registraram quedas de -2,06%, -5,16% e -4,34%, respectivamente.

Para o presidente da CNDL, José Cesar da Costa, embora o volume de vendas do varejo não tenha alcançado os patamares anteriores da crise, os números começam a se distanciar dos resultados negativos observados nos piores momento da crise.

“O varejo exibe melhora desde meados de 2017, depois do período mais agudo da crise. Mesmo crescendo, infelizmente, ainda não vimos a melhora da confiança se traduzir em aceleração das vendas, algo que poderá se concretizar com as medidas de estímulo previstas para sair depois da aprovação da reforma da previdência”, analisa.

Leia também  >>   Ministro diz a caminhoneiros que tabela do frete será suspensa nesta segunda (22)

Metodologia da pesquisa

O Indicador de Atividade do Comércio é construído a partir das consultas de CPFs feitas nas bases de dados que o SPC Brasil tem acesso. As consultas de CPF indicam a intenção de compra a prazo por parte do consumidor e podem resultar, ou não, na obtenção de crédito. Para a construção do Indicador, considera-se apenas as consultas feitas pelo setor de comércio.

Redação Portal Linhares Em Dia

Com Portal R7


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.