22Agosto2019

NOTÍCIAS GERAL Entidades do ecossistema se unem para definir o futuro da inovação capixaba

emdiacomunicacao.vcjasaiunamidia

Entidades do ecossistema se unem para definir o futuro da inovação capixaba

Com o objetivo de criar a ambiência necessária para o estímulo da inovação, pública e privada

Entidades-do-ecossistema-se-unem-para-definir-o-futuro-da-inovao-capixaba

Com o engajamento do Governo, de instituições de fomento, líderes empresariais e representantes de instituições de ensino, a Mobilização Capixaba pela Inovação (MCI) une forças em uma ação jamais vista, que tem o objetivo de criar a ambiência necessária para o estímulo da inovação, pública e privada, e a indução de um novo ciclo econômico para o Estado.

Leia também  >>   Ingresso solidário em Linhares arrecada cerca de uma tonelada de alimentos

Segundo o vice-presidente do Sistema Findes, Luciano Raizer, o grande destaque da mobilização está na ação conjunta. “Colocamos na mesa empresários, instituições de ensino e de pesquisa, e o governo para definirmos juntos as principais ações de inovação do Estado. Atores fundamentais para construirmos um ecossistema inovador”.

O diretor administrativo do Sebrae-ES, Luiz Henrique Toniato, também está envolvido no projeto e acrescentou que a estratégia deve ampliar a efetividade das políticas de apoio à inovação por meio da interlocução construtiva e duradoura entre a iniciativa privada, academia e o setor público.

Consolidação do Ecossistema de Inovação do ES

A Fundação Certi, uma importante entidade reconhecida internacionalmente no auxílio aos ambientes de inovação do Brasil, foi contratada para planejar o ecossistema e a trilha de inovação do Espírito Santo. O objetivo é definir as estratégias para o fortalecimento do ecossistema a partir da interação dos atores e mecanismos, resultando no estabelecimento do plano capixaba de inovação.

Durante esse processo, já foram discutidos desafios e perspectivas de uma atuação mais integrada, com identificação de pontos positivos e gargalos da Trilha de Inovação. Também foram decididas as áreas e os setores de oportunidade para o Ecossistema de Inovação da Grande Vitória, que representa a primeira fase deste projeto, e que futuramente será estendido a todo Estado. Com base nele, quatro áreas foram priorizadas e estão sendo criados plano de trabalhos específicos.

Para Raizer, o que o Espírito Santo vive é um momento único. “Definimos como áreas prioritárias: Logística, TIC, Materiais e Economia Criativa e estamos organizando um plano de voo para os 4 eixos estratégicos. O setor de Materiais envolve boa parte da nossa indústria, a área de Logística é interesse das grades empresas e seremos originais nesse tema no país, inclusive com potencial de atrairmos talentos e as melhores empresas do ramo e, a área de Economia Criativa se destaca pela conexão com vários setores. Além disso, o setor de TIC é transversal e abre oportunidades de mobilizarmos uma nova matriz econômica para o Estado. Foi uma decisão madura, usando metodologias bem estruturadas e que usou indicadores de potencial, competência e tendências”, explicou.

Leia também  >>   Detran|ES começa a enviar SMS e e-mail com alerta sobre vencimento da CNH

Próximo passo

O último workshop já está programado para o mês de agosto. Na ocasião, a Fundação Certi trará a análise do grau de maturidade do Ecossistema de Inovação para cada área priorizada, utilizando a metodologia do Radar da Inovação. Além disso, será feita a validação do grau de maturidade com os participantes e definição da visão de futuro para os próximos 10 anos.

Mobilização Capixaba pela Inovação

A MCI nasceu da parceria e articulação de representantes do Setor Produtivo (Arcelormittal, Vale, Fibria e Sistema Findes); Governo do Estado e Academia (UFES, IFES e UVV) e das Entidades (Findes, Senai, Sebrae e ES Em Ação) que, a partir de Método, Competências e Recursos, direcionarão e impulsionarão diversas ações de inovação que ocorrem no ecossistema local.

Outras organizações públicas ou privadas que promovam ou têm a responsabilidade de promover a inovação no Espírito Santo serão convidadas a participar dessa iniciativa.

Redação Portal Linhares Em Dia


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.