14Novembro2018

NOTÍCIAS GERAL Radares de rodovias estaduais e federais serão fiscalizados no ES
e-mailmarketing082015

farmacias-de-plantao

Radares de rodovias estaduais e federais serão fiscalizados no ES

Os radares estão localizados em seis cidades no Estado

Radares-de-rodovias-estaduais-e-federais-sero-fiscalizados-no-ES

O Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Espírito Santo (Ipem-ES), órgão delegado no Inmetro, vai verificar 26 radares de velocidade, instalados em rodovias estaduais e federais que cortam o Estado, a partir desta quarta-feira (11). Os radares estão localizados em seis cidades do Espírito Santo.


Fique EM DIA com notícias relacionadas à GERAL.

Corpo de ex-secretário assassinado é enterrado e Prefeitura de Jaguaré decreta luto

Organizações Sociais de Linhares recebem R$ 1,2 milhão


A verificação será realizada nesta quarta (11) e quinta-feira (12), e nos próximos dias 22 e 23 deste mês, nos municípios de Serra, Vila Velha, Guarapari, Cariacica, Domingos Martins e Marechal Floriano.

A ação – que leva de 20 minutos a uma hora – envolve fiscais do Ipem-ES, equipe da empresa responsável pelo radar e agentes de trânsito. Para evitar acidentes, na ocasião ficará impossibilitada a passagem de pedestres e veículos na via.

Em caso de chuva, a verificação é cancelada, o que pode ocorrer poucas horas antes do agendado, conforme solicitação dos agentes de trânsito ou empresa responsável pelo radar. Caso o equipamento seja aprovado, recebe um certificado válido por um ano. Quando há reprovação, a empresa fabricante é notificada, para corrigir o erro.

Conforme a Portaria Inmetro 544/2014 é obrigatória a verificação uma vez por ano ou toda vez que o equipamento passar por reparo.

Para aplicação de multas, em caso de excesso de velocidade, o equipamento necessariamente deve estar verificado pelo Ipem-ES.

Redação Portal Linhares Em Dia


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.