20Junho2018

NOTÍCIAS GERAL Índice de confiança do empresariado capixaba cresce 3,7% em relação a janeiro
e-mailmarketing082015

farmacias-de-plantao

Índice de confiança do empresariado capixaba cresce 3,7% em relação a janeiro

Resultado da pesquisa é o melhor índice dos últimos quatro anos na capital

ndice-de-confiana-do-empresariado-capixaba-cresce-37-em-relao-a-janeiro

O Índice de Confiança dos Empresários do Comércio (ICEC) de Vitória cresceu 3,7% em relação a janeiro, marcando 118,8 pontos. O desempenho em fevereiro de 2018 quando comparado ao mesmo mês do ano passado avançou 23,1%.


Fique EM DIA com notícias relacionadas à GERAL.

Motociclista morto em acidente no Interlagos será sepultado em Linhares

_ Cuidados e doenças que mais afetam as mulheres


O resultado do ICEC em fevereiro na capital (118,8 pontos) foi o melhor dos últimos 53 meses, ou seja, é o maior desde junho de 2013, quando o índice marcou 119,1 pontos. A pesquisa é divulgada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens e Serviços e Turismo do Estado do Espírito Santo (Fecomércio-ES).

Os três subíndices calculados obtiveram crescimentos em relação ao mês anterior. O que mais avançou foi o que avalia as condições atuais da economia, do setor e da empresa (ICAEC), com alta de 12,5%, mas ainda permanecendo no patamar pessimista, com 96,3 pontos. O que avalia as condições de investimentos (IIEC) cresceu 1,7% atingindo 103,7 pontos. Já a avaliação das expectativas dos empresários do comércio para os próximos meses teve leve alta de 0,2%, mas é o subíndice com o maior valor, 156,3 pontos.

José Lino Sepulcri, presidente da Fecomércio-ES, credita o aumento da confiança do empresário do comércio capixaba ao fim da recessão. “Chegamos ao fundo do poço no ano passado e agora começamos e ver investimentos retornando. Aos poucos os empregos também vão sendo gerados, o que dá ainda mais ânimo para que o comerciante volte a se sentir seguro, economicamente falando”, afirma.

E, na comparação anual, ou seja, com o mesmo mês do ano passado, todos os subíndices apresentaram variações bastante positivas, com destaque para o das condições atuais que cresceu 49,2%. A avaliação das expectativas avançou 9,3% e o dos investimentos, 26,5%.

Mesmo tímida, a melhora do nível de consumo, amparada pelo cenário mais favorável de inflação, custo do crédito e reversão da alta do desemprego, refletiu no aumento do otimismo por parte do empresário do comércio. A cautela fica por conta de 2018 ser um ano eleitoral, o que poderá influenciar o ambiente de negócios e a confiança dos agentes econômicos em relação aos rumos do país.

As expectativas para os próximos meses, de forma geral, são positivas, influenciando a melhoria das expectativas de contratação de funcionários para os próximos meses, para as empresas de pequeno e grande porte.

O indicador de confiança varia de 0 (zero) a 200 (duzentos) pontos na qual 100 corresponde à zona de indiferença, abaixo diz respeito à situação de pessimismo enquanto acima de 100 significa otimismo.

Brasil

O ICEC apurado para o Brasil atingiu 113,2 pontos no mês de fevereiro de 2018, apresentando alta de 3,3% em comparação com o mês anterior e permanecendo no patamar otimista. Na comparação anual, a confiança do empresário do comércio brasileiro cresceu 18,5%.

A Pesquisa

A Pesquisa do Índice de Confiança dos Empresários do Comércio (ICEC) é realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) em âmbito nacional e disponibilizada às federações para a elaboração das análises estaduais. A ICEC é um indicador com capacidade de medir a percepção dos empresários do comércio sobre o nível atual e futuro da economia, do setor e da empresa, bem como a propensão a investir. Trata-se de um indicador antecedente de vendas a partir do ponto de vista dos empresários comerciais.

A pesquisa é realizada com uma amostra de, no mínimo, 175 empresas localizadas no município de Vitória/ES. A análise dos dados de Vitória/ES é realizada pela Assessoria Econômica da Fecomércio-ES.

Redação Portal Linhares Em Dia


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.