20Novembro2018

NOTÍCIAS ESPORTE Anchieta conquista o título do 1º Campeonato Rural
whatsSap-do-portal-novo-numero

farmacias-de-plantao

Anchieta conquista o título do 1º Campeonato Rural

O Jaguaré empata no tempo normal mas perde nos pênaltis

Anchieta-conquista-o-ttulo-do-1-Campeonato-Rural

O município de Anchieta é o grande campeão da primeira edição do Campeonato Rural. Neste sábado (30), no Estádio Estadual Kleber Andrade, em Cariacica, o time do litoral Sul venceu Jaguaré nos pênaltis, por 7 a 6, após empate por 1 a 1 nos noventa minutos. Na preliminar, São José do Calçado bateu Itaguaçu, por 2 a 0, e garantiu a terceira colocação da competição.

A decisão do título começou nervosa. Jaguaré dominou os instantes iniciais, mas foi Anchieta quem abriu o placar: aos 14 minutos do primeiro tempo, Maguinho chutou, a bola desviou na zaga e entrou.

Na segunda etapa, Jaguaré aumentou o volume de jogo. Passou a criar mais chances, mas sem muita criatividade e tendo seu centroavante, Paulinho Pimentel, pouco acionado. Entretanto, em uma falta, veio o empate. Aos 15 minutos, Douglas foi para a cobrança na esquerda da intermediária. A defesa de Anchieta ficou na expectativa de um cruzamento, mas a bola entrou direto, no ângulo do goleiro Filipe, que acabou surpreendido: 1 a 1.

O gol animou ainda mais os jogadores e a torcida jaguarense. O time do Norte teve boas oportunidades de virar o placar. Aos 37, em um dos principais lances de perigo, em outra cobrança de falta, Flavinho acertou o travessão. Anchieta reagiu nos minutos finais e criou boas chances também. Mas a partida terminou mesmo no empate.

Na decisão por pênaltis, nas cincos primeiras cobranças, todos os jogadores marcaram. Nas alternadas, Charlinho fez para Jaguaré. Depois, Alleson acertou para Anchieta. Porém, na vez de Breno, o lateral-esquerdo jaguarense acertou o travessão. A expectativa tomou conta do Kleber Andrade. Bastava Raoni marcar para os anchietenses e correr para o abraço. E ele não decepcionou: balançou as redes e detonou os gritos de "É campeão" na arquibancada.

Já na disputa de terceiro lugar, após um primeiro tempo de poucas chances para ambas as equipes, São José do Calçado abriu o placar na segunda etapa, logo aos 10 minutos, com Pelé. Quase no fim, aos 42, o time "broinha", como são conhecidos os calçadenses, sacramentou a vitória com Genilson, para a festa da barulhenta torcida que compareceu ao estádio.

O secretário de Estado de Esportes e Lazer, Marcelo Coelho, esteve no Kleber Andrade e comentou o sucesso da competição. "Parabéns a todas as equipes que disputaram a competição. Em especial Anchieta, que conquistou o título. O objetivo principal do Campeonato Rural foi o de integrar o interior do Espírito Santo de Norte a Sul através da maior paixão nacional: o futebol. E a adesão à essa primeira edição foi um excelente, pois 86% dos municípios convidados aceitaram participar. O público também correspondeu e compareceu em bom número nas diversas praças esportivas por onde a disputa passou. E, mesmo em clima de rivalidade futebolística, o espírito de confraternização entre as cidades sempre falou mais alto, comprovando o poder do esporte como ferramenta de união e amizade", disse o secretário.

A competição

Organizada pela Secretaria de Estado de Esportes e Lazer (Sesport), a primeira edição do Campeonato Rural teve início no dia 24 de março e reuniu 64 times, divididos em chaves Norte e Sul. Dos 78 municípios do Estado, 74 foram convidados para participar, indicando equipes ou formando seleções para representá-los. Apenas Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica (os quatro mais populosos do Espírito Santo e com menor densidade de área rural) não foram incluídos.

O torneio foi organizado em formato de "mata-mata", com jogos regionalizados de ida e volta. Os sorteios dos confrontos e ordens dos mandos de campo, durante todo o torneio, foram transmitidos ao vivo pelo Facebook da Sesport. Somente a final e a decisão de terceiro lugar aconteceram em partidas únicas, no Kleber Andrade. A arbitragem foi contratada junto à Federação de Futebol do do Estado do Espírito Santo (FES).

O investimento total na competição foi de R$ 301.000,52. Ao todo, foram 123 jogos, cerca de 8 mil minutos de bola rolando e 432 gols foram marcados, uma média de 3,5 por partida. Cerca de 1400 atletas disputaram a competição. E 2816 uniformes foram entregues às equipes pela Sesport.

Redação Portal Linhares Em Dia


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.


Nos LINKS abaixo, fique EM DIA com as notícias de outras editorias

EMPREGOS | CURSOS | CONCURSOS

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

GERAL

POLÍCIA

POLÍTICA

SAÚDE