08Dezembro2019

emdiacomunicacao.vcjasaiunamidia

Setembro Verde: Sesa continua com a campanha para estimular doação de órgãos

A campanha “Setembro Verde” prossegue até o dia 28 encerrando com a 10ª Caminhada de sensibilização para doação de órgãos

Setembro-Verde-Sesa-continua-com-a-campanha-para-estimular-doao-de-rgos

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) realizou, na segunda-feira (02), a abertura da campanha “Setembro Verde”, que tem como objetivo estimular a doação de órgãos em todo Espírito Santo. As ações durante todo o mês serão coordenadas pela Central de Notificação, Captação e Doação de Órgãos (CNCDO).

Leia também  >>   Mais de 5 mil atendimentos de fisioterapia gratuitos à população de Linhares

A campanha “Setembro Verde” é alusiva ao Dia Nacional da Doação de Órgãos, que é lembrado no próximo dia 27. No Espírito Santo, a Lei Estadual 10.374/2015 inclui no calendário oficial do Estado o “Setembro Verde” como o Mês de Conscientização Sobre a Doação de Órgãos. Até a segunda-feira (02), 1.216 pessoas aguardam por um transplante. O número, porém, varia dia a dia.

Representando o secretário de Saúde, Nésio Fernandes, o subsecretário de Regulação e de Organização da Atenção à Saúde, Tadeu Marino, que há cinco anos realizou um transplante de rim, destacou a importância da doação.

“Não existe o transplante sem o sim. E o sim é da família. Temos que conversar com as nossas famílias, pois na hora mais sofrida, é a hora da decisão de fazer a permissão de doação. Isso é fundamental”, disse Tadeu Marino.

Para a coordenadora da Central Estadual de Transplantes, Maria Machado, endossou a fala do subsecretário sobre a importância da família. “Encorajamos as pessoas, especialmente as famílias, que conscientemente e com a devida proteção legal, doem órgãos como gesto de amor solidário. Certamente estamos diante de um gesto nobre e altruísta. Um ‘sim’ à vida”.

Leia também  >>   Menopausa: um treino para emagrecer nesse período

Além de Marino e da coordenadora da Central Estadual de Transplante, estiveram presentes na solenidade, a supervisora da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, Leila Rusciolelli; o presidente da Associação Providas Transplantes, Adauto Vieira Almeida; o presidente da Unimed, Fernando Ronchi; o médico chefe da equipe de transplante hepático do Hospital Meridional, Gustavo Peixoto; e o chefe de transplante renal, Lauro Vasconcelos.

Há um mês a família do funcionário público João Victor Batista foi surpreendida com a notícia da morte da mãe Iolanda Batista do Nascimento. Após um acidente vascular cerebral (AVC), foi constatado a morte cerebral da balconista. Mesmo com o sofrimento, a família decidiu pelo sim à doação de órgãos.

“Para nós está sendo muito reconfortante, mesmo nesse período de luto que a família está passando. É com alegria também estarmos com esse pensamento de que a nossa mãe está ajudando outras pessoas”, contou João Victor.

No outro lado, o médico Jaílson Totola, que há quatro anos recebeu um fígado por meio do sim de uma família. “É muito emocionante quando vemos a família de um doador, pois para nós que ficamos naquela fila, não é fácil. E de repente surge alguém e o seu médico te liga e fala que tem um doador. Graças a uma família de doadores, que disse sim eu estou vivo. Hoje eu não estaria aqui para contar a vocês, mas graças à doação eu estou aqui”, falou emocionado.

Leia também  >>   Doador de Medula Óssea: cadastro de doadores cresce no Estado

O médico fez um apelo: “Peço a todos que falem a sua família que vocês são doadores de órgãos. Ajudem a salvar vidas”.

Para o aposentado Jaider André dos Reis, a vida do filho Fabio Henrique, que era transplantado de rim desde os cinco anos, mas faleceu aos 13 devido à infecção hospitalar, o fez ser apoiador da causa e ajudar à campanha da doação de órgãos. “Recentemente eu comecei uma campanha para incentivar a doação de órgãos, pois naquela época do meu filho, eu presenciei muito sofrimento. Não adianta você dizer que é doador, se não comunicou à família. Quero poder falar isso com as pessoas, mostrar que a doação salva vidas”.

O que é transplante de órgãos?

É um procedimento cirúrgico regulamentado por lei, no qual um órgão ou tecido doente é substituído por outro saudável, que tem por objetivo melhorar a qualidade de vida. Para isso, é preciso que haja doadores – vivos ou mortos.

O transplante é um tratamento efetivo para muitas doenças e, eventualmente, se torna a única opção terapêutica.

Leia também  >>   Você sabe o que é o Transtorno Opositivo-Desafiador (TOD)?

Transplantes de órgãos realizados

Setembro-VerdeSesa-inicia-campanha-para-estimular-doao-de-rgos-02

Fila de espera (02 de setembro de 2019)

Córneas: 218

Coração: 05

Fígado: 31

Rim: 962

Recusa familiar

A coordenadora da Central de Transplantes do Espírito Santo, Maria Machado, comenta que o índice de recusa familiar no Estado é o principal empecilho ao avanço dos transplantes, chegando a aproximadamente 60%.

Leia também  >>   Sarampo: sobe para 16 o número de estados brasileiros com casos confirmados

De janeiro a agosto de 2018, foram realizadas 54 entrevistas familiares e destas, 21 recusaram a doação; no mesmo período em 2019 foram entrevistadas 86 famílias e 47 recusaram a doação para múltiplos órgãos.

“É importante inserir o tema nas discussões em família, para que o assunto seja conversado abertamente entre as pessoas e que seja manifestado aos familiares o desejo de ser um doador”, explicou a coordenadora.

Serviços transplantadores no Espírito Santo

Atualmente, são realizados no Espírito Santo transplantes de coração, fígado, pâncreas, rim, córnea/esclera, medula óssea autólogo e medula óssea aparentado. Existem no Estado sete serviços habilitados para realização desses procedimentos, sendo cinco deles por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) e quatro particulares, no entanto, todo o processo de notificação, captação e doação de órgãos é feito pelo SUS.

- Hospital Meridional: coração, fígado e rins;

- Hospital Evangélico de Vila Velha: coração, rim e córnea;

- Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes (Hucam): córnea;

- Centro de Cirurgia Ocular do Espírito Santo (Cecoes): córnea (procedimento por convênio particular);

- Instituto de Olhos do Espírito Santo (IOES): córnea (procedimento por convênio particular);

- Instituto Oftalmológico Santa Luzia: córnea (procedimento por convênio particular);

- Hospital Mata da Praia: córnea (procedimento por convênio particular).

Já os bancos de olhos que realizam a captação de córneas estão localizados no Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes (Hucam), que realiza a captação de córneas em Vitória, e no Hospital Evangélico de Vila Velha, que faz a captação de córneas nos demais municípios do Espírito Santo.

Leia também  >>   Dicas de como ajudar um amigo que sofre de depressão

Programação – Setembro Verde

Data: 12/09 (quinta-feira)

Horário: 14 horas

- Seminário “Abordando a Doação de Órgãos”

Local: Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim - Rua Dr. Raulino de Oliveira, Centro, Cachoeiro de Itapemirim.

Data: 14/09 (sábado)

Horário: das 8 às 17 horas

- Simpósio com o tema “Doação de Órgãos”, na Faculdade Multivix, em Goiabeiras, Vitória.

Local: Faculdade Multivix - Rua José Alves, 135, Goiabeiras, Vitória.

Data: 17/09 (terça-feira)

Horário: 19 horas

- Missa em ação de graças às famílias doadoras e solidariedade aos que estão na fila de espera.

Local: Basílica de Santo Antônio - Rua Lodovico Pavoni, s/n, Santo Antônio, Vitória.

Leia também  >>   Atenção: Os cuidados contra a dengue devem ser redobrados na primavera

Data: 17/09 (terça-feira)

Horário: 14 horas

- Palestra com o tema “Doação de Órgãos”

Local: Hospital Vila Velha - R. Moema, s/n, Quadra 41, Divino Espírito Santo, Vila Velha.

Data: 21/09 (sábado)

Horário: das 8 às 17 horas

- Curso de Capacitação em ME para médicos - ministrado pela Equipe médica da CET-ES

Local: Hospital Santa Mônica - Rod. do Sol, s/n, km 01, Praia de Itaparica, Vila Velha.

Data: 23/09 (segunda-feira)

Horário: 14 horas

- Palestra sobre a Doação de órgãos

Local: Hospital Santa Mônica - Rod. do Sol, s/n, km 01, Praia de Itaparica, Vila Velha.

Data: 24/09 (terça-feira)

Horário: 14 horas

- Seminário Doação de Órgãos

Local: Hospital de Guaçuí - Rua Dr. Nilton Gomes de Figueiredo, nº 07 - Quincas Machado, Guaçuí.

Data: 25/09 (quarta-feira)

Horário: 14 horas

- Palestra sobre a importância da Doação de órgãos

Local: Vitória Apart Hospital – Rod. Governador Mario Covas, 591, Boa Vista II, Serra.

Leia também  >>   Você sabe o que é carne vegetal? conheça e saiba como a proteína é preparada

Data: 26/09 (quinta-feira)

Horário: 19 horas

- Solenidade de Agradecimento as famílias doadoras e parceiros

Local: Assembleia Legislativa do Espírito Santo - Av. Américo Buaiz, 205, Enseada do Suá, Vitória.

Data: 28/09 (sábado)

Horário: 15 horas

- 10ª Caminhada de sensibilização para doação de órgãos (ação organizada pelo Hospital Evangélico de Vila Velha)

Local: Orla da Praia da Costa (a concentração será no calçadão na altura da Farmácia Santa Lúcia)

Obs.: O evento é gratuito e aberto ao público em geral. Para adquirir a camisa do evento é preciso levar 1kg de alimento não perecível.


Redação Portal Linhares Em Dia


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal. 

Siga-nos no FacebookTwitter e YouTube.

Convidamos você a fazer parte dos nossos canais nas redes sociais e navegar pelo nosso Portal de notícias Linhares Em Dia.

logo.sitelinharesemdia.rodape
Linhares Em Dia é Marca Registrada®
© Copyright Linhares EM DIA 2010 - 2019
Todos os direitos reservados. All rights reserved.
Informação com conteúdo e credibilidade.   Information with content and credibility.
Contato - Home - Geral - Polícia - Saúde - Esporte - Política - Entretenimento
Destaque - Filmes em Cartaz - Empregos|Cursos|Concursos - Falo Mesmo
Produtos e Serviços - Farmácias de Plantão