19Setembro2019

emdiacomunicacao.vcjasaiunamidia

Prefeitura de Linhares pode fechar a gestão com déficit de mais de R$ 106 milhões

A estimativa foi feita pela ferramenta do Tribunal de Contas do ES

Prefeitura-de-Linhares-pode-fechar-a-gesto-com-dficit-de-mais-de-R-106-milhes

A Prefeitura de Linhares pode fechar o ano no vermelho, segundo informações do Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCES). Por meio da ferramenta “CidadES” lançada na última segunda-feira (12) é possível ter acesso a varias informações sobre a situação econômica dos municípios.

De acordo com a ferramenta, até agosto deste ano a Prefeitura de Linhares arrecadou o valor de R$ 363.270.618,64, enquanto no mesmo período, as despesas empenhadas já chegavam a mais de R$ 469 milhões, uma diferença de mais de 106 milhões de reais.

A diferença nas contas pode fazer com que o município feche o ano no vermelho. A previsão segundo o Tribunal de Contas do Espírito Santo é de que Linhares tenha um déficit de 22,59%.

O mês com maior gasto foi em janeiro deste ano, quando a prefeitura chegou a gastar mais de R$ 211 milhões. O mês que o executivo mais arrecadou receitas foi em Março, com  pouco mais de R$ 50,3 milhões.

De acordo com o CidadES, em 2016 o município de Linhares aplicou mais de R$ 90 milhões em saúde, pouco mais de R$ 49 milhões em Educação e mais de R$ 276 milhões com a folha de pessoal, somando os valores gastos com os funcionários do Executivo e Legislativo.

Questionada, a Prefeitura de Linhares informou por meio de nota que “ao final do exercício, pode-se anular as reservas referentes aos projetos que foram previstos e não realizados. Com esse procedimento, é possível diminuir e até mesmo eliminar o déficit orçamentário”.

A nota cita ainda a crise econômica e a queda na arrecadação: “a receita corrente líquida – RCL, prevista para 2016 é 15,34% menor que a de 2015, uma queda de cerca de R$ 78 milhões. Quando comparamos com a RCL de 2012, a queda se acentua, chegando a 23,24%: menos R$ 130 milhões em caixa” diz a nota.

A Prefeitura ressaltou ainda queda de mais de R$ 100 milhões nos últimos cinco anos com a perda dos repasses do Fundap. No entanto, citou várias ações realizadas pelo executivo para tentar conter a crise na economia.

Dentre as ações, a nota cita a redução de pessoal, a redução na execução de contratos e suspensão de novas obras, a transferência da sede da Prefeitura, a unificação de secretarias entre outras ações.

Saiba mais

Se não reverter à situação, este será o segundo ano da gestão de Nozinho Corrêa em que a Prefeitura de Linhares aparece com déficit nas contas. Em 2015, o executivo municipal fechou o ano com as contas no vermelho ao gastar mais de R$ 557 milhões e arrecadar pouco mais que R$ 554 milhões.

A Prefeitura, no entanto, disse que “considerando que o exercício só se encerra no dia 31, e que ainda existem receitas a serem realizadas, é prematuro qualquer julgamento a respeito do fechamento das contas”.

Para acompanhar todos os dados e informações sobre as contas dos municípios do Espírito Santo basta clicar neste link.

Redação Portal Linhares Em Dia


Fique EM DIA com notícias relacionadas
GERAL

– Vereadores aprovam em 1º turno o orçamento municipal para 2017 em Linhares

– Pesquisa avalia o serviço de transporte público em Linhares


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os TERMOS DE USO, denuncie. Leia as PERGUNTAS MAIS FREQUENTES para saber o que é impróprio ou ilegal.

Curta a página do LINHARES EM DIA no Facebook e siga nosso perfil no Twitter