218 19/01/2020 às 09:00 - última atualização 20/01/2020 às 18:58

Produtos feitos no Espírito Santo terão selo "100% CAPIXABA"

Redação Em Dia ES

A proposta é de que as exigências possam aumentar no decorrer da implantação do programa, que terá um processo de avaliação constante
Produtos feitos no Espírito Santo terão selo 100 CAPIXABA. Foto: Divulgação
A Câmara Setorial de Alimentos e Bebidas da Findes está trabalhando em conjunto com sindicatos do setor para que, em breve, produtos produzidos no Espírito Santo passem a contar com o selo "100% Capixaba". O objetivo é valorizar o produto capixaba, aumentando a sua visibilidade. A informação é do executivo da Câmara Setorial, Fábio Dias.
 
A proposta está na fase de levantamento dos requisitos essenciais, etapa essencial para o processo de criação do selo, já que são eles que possibilitam a criação do regulamento para nivelar as empresas capazes de obtê-lo.

"Faz parte da nossa lista de objetivos fazer com que a população identifique nos estabelecimentos comerciais quais produtos são capixabas e deem preferência no ato da compra. A indústria capixaba de alimentos e bebidas produz produtos de grande qualidade e a população capixaba precisa tomar conhecimento. E o selo vai exatamente ao encontro deste objetivo de valorização do produto capixaba", comenta o executivo Fábio Dias.

A proposta é de que as exigências possam aumentar no recorrer da implantação do programa, que terá um processo de avaliação constante. Um Grupo de Trabalho foi montado para a elaboração dos requisitos mínimos, bem como a definição de uma governança que fará a gestão do programa, acompanhando sua execução. 
"Queremos criar uma identidade para o produto capixaba e uma aproximação maior com os meios reguladores, pois existe muita informalidade no nosso setor. Uma de nossas metas é criar uma integração e articulação maior entre os setores que compõem essa cadeia desde o produtor, a indústria, o comerciante e o consumidor", alerta o presidente da Câmara de Alimentos e Bebidas, Vladimir Rossi.

Sobre a Câmara Setorial

A Findes conta com seis Câmaras Setoriais formadas pelos sindicatos patronais da indústria, instituições e entidades que desenvolvem trabalhos junto aos principais arranjos produtivos locais (APL). Articuladas com os Conselhos Temáticos (Consat's), elas têm como objetivo representar e defender os interesses do segmento específico que congregam, melhorar sua competitividade, fortalecer os sindicatos que a compõem e possibilitar o desenvolvimento do setor no Espírito Santo.
Entre elas, está a Câmara Setorial das Indústrias de Alimentos e Bebidas, responsável por propor, apoiar e acompanhar ações para o desenvolvimento das atividades dos setores a ela relacionados, como políticas públicas, diretrizes e prioridades para a consecução de ações na busca do aumento da competitividade de toda a cadeia Agroalimentar do Estado.

Ela é composta pelos seguintes sindicatos:

• Sindimassas (Sindicato da Indústria de Massas Alimentícias e Biscoitos)
• Sindibebidas (Sindicato da Indústria de Bebidas em Geral)
• Sincongel (Sindicato da Indústria Alimentar de Congelados, Supercongelados, Sorvetes, Concentrados e Liofilizados)
• Sindicacau (Sindicato da Indústria de Produtos de Cacau e Balas, Doces e Conservas Alimentícias)
• Sincafé (Sindicato da Indústria de Torrefação e Moagem de Café)
• Sindifrio (Sindicato da Indústria de Frio)
• Sindipães (Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria)
• Sindiplastes (Sindicato da Indústria de Materiais Plásticos do Estado do Espírito Santo) e por órgãos setoriais
• Sindilates (Sindicato das Indústrias de Laticínios do Estado do Espírito Santo)
• Sindipesca (Sindicato das Indústrias da Pesca do Estado do Espírito Santo)
• Sindifabra (Sindicato da Indústria de Fabricação de Ração Animal do Estado do Espírito Santo)
• Siges (Sindicato das Indústrias Gráficas do Estado do Espírito Santo)
• Sindirepa-ES (Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado do Espírito Santo)
• CINDES JOVEM (Centro da Indústria do Espírito Santo)
 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - Governo usará dados de operadoras para monitorar circulação de pessoas Governo usará dados de operadoras para monitorar circulação de pessoas
  2. 2

    2 - Coronavírus no ES: seis óbitos e 166 casos confirmados da doença Coronavírus no ES: seis óbitos e 166 casos confirmados da doença
  3. 3

    3 - Coronavírus no Brasil: 432 óbitos e 10.278 casos confirmados da doença Coronavírus no Brasil: 432 óbitos e 10.278 casos confirmados da doença
  4. 4

    4 - Alunos da rede pública começam a receber kit merenda em Linhares Alunos da rede pública começam a receber kit merenda em Linhares
  5. 5

    5 - Saiba quem pode e como deve ser usada a máscara de proteção contra o vírus Saiba quem pode e como deve ser usada a máscara de proteção contra o vírus
  6. 6

    6 - Papa Francisco concedeu bênção especial Urbi et Orbi; assista Papa Francisco concedeu bênção especial Urbi et Orbi; assista

Enquete

Resultado

Você acha justo que, em uma situação de pandemia, o Governo Federal regulamente o imposto, previsto na constituição, sobre Grandes Fortunas?


  • Totalmente justo
  • Totalmente injusto
  • Não tenho opinião

 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca