464 17/06/2022 às 17:00 - última atualização 17/06/2022 às 20:28

IBGE divulga primeiro levantamento sobre homossexuais e bissexuais no Brasil

Redação Em Dia ES

Em um mês que muito se fala em LGBTQIAPN+ é preciso analisar a realidade vivida por eles nas empresas e na sociedade como um todo
IBGE divulga primeiro levantamento sobre homossexuais e bissexuais no Brasil. Foto: Divulgação
Pela primeira vez, o IBGE investigou como os brasileiros declaram a orientação sexual. Pela pesquisa, 2,9 milhões de pessoas se declaram gays, lésbicas ou bissexuais, o que representa 1,8% da população. Entre os mais jovens, de 18 a 29 anos, esse percentual é maior, 4,8%. A Pesquisa Nacional de Saúde se baseia em dados coletados em 2019 e, ainda apontou que 1,7 milhão de pessoas não sabiam definir a orientação sexual e, outros 3,6 milhões preferiram não responder. A pergunta que devemos fazer é: não sabiam ou tiveram receio em responder?

Para Leizer Pereira - fundador e diretor executivo da Empodera, uma plataforma pioneira na construção de negócios inclusivos e preparação de carreira e conexão de jovens com organizações que valorizam a Diversidade – essa dificuldade e/ou receio pode ser sentida também nos ambientes corporativos.

“Existe uma queixa recorrente sobre ambiente tóxico e de muito constrangimento devido às piadas e comentários pejorativos tanto que 61% dos funcionários LGBTQIAPN+ no Brasil optam por esconder a sexualidade no trabalho, desta forma a principal queixa é de um espaço seguro para ‘ser você mesmo’, assumir sua orientação sexual sem comprometer carreira ou atrair hostilidades. Mulheres LGBTQIAPN+ por exemplo, sofrem duplamente preconceitos e discriminação devido ao machismo e também homofobia”, comenta.

Para ele, as empresas precisam e devem ter treinamentos e vivências em Diversidade, Equidade & Inclusão para todos os envolvidos estarem preparados, por exemplo, para um recrutamento inclusivo para pessoas trans, preparar os gestores e equipes para acolher um(a) novo(a) colaborador(a) trans. As dúvidas das empresas muitas vezes beiram o simplório, como por exemplo, qual banheiro deve ser utilizado. “Investir em treinamentos e vivências que acelerem a curva de conscientização e engajamento das lideranças e colaboradores é essencial. Precisamos capacitar mais lideranças inclusivas nesta longa e complexa jornada. Existem estatísticas que apontam a necessidade de + 100 anos para alcançarmos a equidade de gênero, isto considerando o crescimento dos últimos 15 anos e sem nenhum período de retrocesso futuro. Se queremos construir uma sociedade mais justa, menos desigual, mais moderna e civilizada, isto só será possível com uma plataforma de inclusão e valorização da diversidade”, complementa.
 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - MPF recomenda que WhatsApp adie lançamento da ferramenta Comunidades no Brasil MPF recomenda que WhatsApp adie lançamento da ferramenta Comunidades no Brasil
  2. 2

    2 - Feto é encontrado em estação de tratamento de esgoto no Norte do ES Feto é encontrado em estação de tratamento de esgoto no Norte do ES
  3. 3

    3 - Polícia mineira investiga participação de PM de Linhares em invasão a uma fazenda em ... Polícia mineira investiga participação de PM de Linhares em invasão a uma fazenda em ...
  4. 4

    4 - Estelionatos são mais da metade dos crimes contra o patrimônio no ES Estelionatos são mais da metade dos crimes contra o patrimônio no ES
  5. 5

    5 - IBGE divulga primeiro levantamento sobre homossexuais e bissexuais no Brasil IBGE divulga primeiro levantamento sobre homossexuais e bissexuais no Brasil
  6. 6

    6 - Polícia prendeu suspeito de matar o namorado da ex-esposa em Linhares Polícia prendeu suspeito de matar o namorado da ex-esposa em Linhares

Enquete

Resultado

Você sabe diferenciar uma fake news?


  • Sim
  • Não

 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca