Joacles Costa

Por Joacles Costa

_Escritor capixaba. _Graduando em Letras Português/Espanhol pela UFES - Universidade Federal do Espírito Santo. _Membro efetivo da AJEL - Academia Jovem Espírito-Santense de Letras. _Assessor de imprensa. _Registro de Jornalista: 003675/ES. _INSTAGRAM: @joacles

Por Joacles Costa

_Escritor capixaba. _Graduando em Letras Português/Espanhol pela UFES - Universidade Federal do Espírito Santo. _Membro efetivo da AJEL - Academia Jovem Espírito-Santense de Letras. _Assessor de imprensa. _Registro de Jornalista: 003675/ES. _INSTAGRAM: @joacles

Coluna | Xavier: Espero que o leitor se identifique com os poemas, se sinta neles e parte deles

O capixaba Horacio Xavier, nasceu em Nova Venécia no ano de 1963. Considera-se um ‘’Dizedor de Sentimentos’’ (Poeta), Radialista. Escreve Poemas desde que aprendeu a juntar palavras; Coautor do livro de poemas Sangreando (1981); foi fundador do Movimento dos Novos Escritores Capixabas (1981); integrou o Grupo Paisagem (1982), a Banda de Rock Cachorro Doido (1982), o Coral Papirus (Rede Gazeta - 1992), o Coro Opus Livre (1993) e o Grupo Lítero-Musical Vozes da Vila (Poeta, Letrista e Intérprete – 2010/2013); coordenou o Sarau do Bem Estar (2000-2005) e o Sarau Domingo DiVersus (2006-2010); foi Vice-presidente do Conselho de Cultura de Vila Velha/ES (2008-2010); cursou Capacitação em Projetos Culturais (MEC/FGV – 3ª Etapa/Módulo 01/ Política e Gestão Cultural – 2010/2011); é membro da ACE – Associação Capixaba de Escritores, da UBE – União Brasileira de Escritores, da UBC – União Brasileira de Compositores, da ACVC – Associação Canela Verde de Cultura e da ALVV – Academia de Letras de Vila Velha; participante da Coletânea Alma Gêmea (Editora Beco dos Poetas – 2011), da Coletânea Maturidade (Editora Pragmatha - 2012) e do Caderno Literário da Editora Pragmatha (Revista Eletrônica).

Acompanhe abaixo a entrevista que Eduardo me concedeu para o site Em Dia ES:

Joacles Costa: Quando foi seu primeiro contato com a literatura? 
Horacio Xavier: Pelo que me recordo, no 2º ano primário (hoje, Ensino Fundamental), quando fui apresentado à Poesia
   
Joacles Costa: Quando você percebeu que gostaria de se tornar um escritor?
Horacio Xavier: Foi neste ano mesmo, através de um Poema que me encantou pela sonoridade das palavras e me intrigou a forma que elas se juntavam e mostravam os sentimentos. Pronto, naquele dia decidi que a escrita seria minha vida e comecei a escrever

Joacles Costa: Qual mensagem espera passar com seus livros e textos?
Horacio Xavier: Espero principalmente, que o leitor se identifique com os Poemas que escrevo e se sinta neles e parte deles. As mensagens que passo seguem e representam o rumo da minha vida, o que estou vivendo no momento da escrita.

Joacles Costa: Quais autores foram fundamentais para sua trajetória?
Horacio Xavier: Não tenho nenhum autor que foi fundamental, todas as obras que tive contato foram importantes na construção do que sou hoje. Nunca fui apaixonado por um, especificamente

Joacles Costa: Poeta nasce poeta ou se constrói como poeta?
Horacio Xavier: Nasce e vai se construindo e reconstruindo ao longo do tempo. É uma inquietação, uma agonia, uma chama que vai queimando o peito e desemboca no Poema. Para fazer Poema, obrigatoriamente, tem que haver sentimento e, o Poema é bom, quando quem lê não separa sentimento de palavra, tudo fica misturado

Joacles Costa: Há algum livro seu no qual goste de revisitar-se? E algum livro que esteja a escrever no momento? 
Horacio Xavier: Eu não tenho muitos livros publicados. Lancei o primeiro, Sangreando, em parceria com a Poeta Lourdes Guerra e de forma independente; fizemos uma edição mil unidades, esgotou e não fizemos outra, mas participei de algumas coletâneas. Após o Sangreando eu decidi que não queria escrever, editar, corrigir, acompanhar impressão e depois, ainda ter que vender o livro. Livro impresso, só quando tivesse um agente ou editora que fizessem todos os demais trabalhos, eu faria Poemas (o que já é muita coisa). Desde então, comecei a produzir e participar de Saraus e eventos literários, e neles, falava Poesia e mostrava meu trabalho. Trabalhei com os projetos “Poesia no Taco” (Poesia impressa em tacos de assoalho) e “Uma Caneca de Poesia” (Poesia impressa em canecas) e os comercializava. Já tenho uns 6 livros prontos e estou me debruçando sobre “Anatomia do prazer igual” que pretendo publicar neste ano de 2021

DAS DIVERSIDADES

Abraçarei todas as partes
Todas as carnes
Todas as formas de amar

Juntarei todos os itens
Todos os poros virgens
Todos os prazeres espalhados no ar

Abraçarei todas as metades
Todas as línguas ágeis
Todas as faíscas que o toque criar

Juntarei todos os pedaços
Todos os bocados
Todos os desejos que puder experimentar

E ao acordar de madrugada
Arrumarei as minhas malas
Espalharei as minhas marcas
Em cada corpo que restar

Título: DAS DIVERSIDADES                                 
Autor: Horacio Xavier  
Onde comprar:  Não tenho mais livro à venda. Caso queiram conhecer meu trabalho, me sigam nas redes sociais:


Leitura Em Dia: O que você está lendo no momento? 
Colecionador de Palavras – de Neizes Andrade (que tem previsão de lançamento para este mês de abril ou maio) e Versos Inversos – de Brendda Neves.

O artigo publicado é de inteira responsabilidade exclusiva de seu autor e não representam as ideias ou opiniões do site EMDIAES.

Acompanhe todos os artigos do colunista Joacles Costa

Baunilha: A leitura me fez descobrir o quanto este ofício é importante ...

Colli: ''Animais são heróis em livro infantil sobre incêndio no Museu Nacional''

Márcia Baunilha | ‘’O livro quer despertar nas pessoas reflexões ...

Caê: ''A atividade literária, com todas as suas agruras e também suas delícias, é algo fundamental na minha vida''

Schultheiss: ‘’Quando a gente ama o que faz, tudo é mais fácil.‘’

Wyatt | ‘’Minha poesia é o outro lado das tuas pupilas ...

Rezende | “Centelha” já nasceu com a missão de romper os muros do Espírito Santo

Rosseto | Ser escritor é fácil, é só ter ideias, caneta e papel...

Neves | Quando eu escrevo me sinto realizada

Góes | "Sempre Gostei de Escrever”

Camillo | “As minhas experiências estão presentes nos alicerces das minhas histórias.”

COLLI | ‘’A literatura é uma porta para o conhecimento e abertura de mentes.’’

VANINI | ‘’O Papel da Literatura é Fazer Diferença Positiva na Mente de Cada Leitor’’

LEAL | “A Simplicidade e a Realidade Mostram Muito do Nosso Cotidiano”

CAZÉ | “Combater o racismo e fundamentar uma política antirracista, uma educação antirracista, uma justiça antirracista é urgente.”

RODRIGUES | “A poesia chega rapidamente no coração das crianças e opera milagres.”

COUTINHO | “Enquanto Houver Racismo, Não Existirá Democracia!”

ABREU | “Conheci o mundo pela literatura. Ela me impulsionou a viajar e ...

BUMBA | “O livro é considerando o melhor amigo do homem, razão pela qual é preciso ...”

KIUSAM | “A minha pele preta não me define, o racista não me define, as lutas não me definem ...

MATTOS | “A literatura e a arte de escrever são as formas mais acessível que temos.”

CEI | “Agradeço a todas as poucas pessoas que leem meus textos com atenção e fazem críticas fundamentadas.”

GRIJÓ | “Sou escritor e professor de literatura de modo que a literatura é meu prazer”

SODRÉ | “Aos 58 anos de idade, que me desafiam constantemente a pensar e repensar minhas escolhas.”

Ribeiro | “Meus livros já tiveram altas tiragens, mas hoje, o mundo virtual sufocou a leitura de livros impressos.”

J. Nunes | “A gente começa lendo a si próprio, ..., com pouco estamos tendo uma compreensão melhor da cidade e do mundo”

Daflon | “Minha preocupação é a de escrever com a melhor qualidade possível”

Gomes | “Abra todas as possibilidades de trabalho com a escrita.”

Neves | "A missão é árdua como sobrevivência, mas nada é impossível."

Machado | “Crítica literária” sempre foi de natureza jornalística.”

Blank: “Um afago que ofereço aos leitores.”

“Escrever é Preciso, escrever é uma forma de resistência.”

“...Eu não diria que escolhi escrever ou fazer literatura. Na verdade, é a literatura que te escolhe..."

“Literatura é uma educação familiar não muito difícil de se fazer, basta ser incentivada pela leitura”

EDIÇÃO ESPECIAL com o ‘’Pai da Turma da Mônica’’ - Mauricio de sousa

“O Único motivo que nos dá uma razão para escrever livros é a existência de leitores.”

“O Que Faz o Escritor é a Escrita, a Publicação é Consequência.”

Fique em dia

Logomarca